Meus Devaneios Escritos

Blog criado em 16/ago/2012. Aqui você encontra uma miscelânea de pensamentos e sentimentos. Uma espaço para eu expor "Meus Devaneios Escritos" e compartilhar minhas ideias, opiniões acerca da vida, paixões, ... Seja muito bem-vindo(a). Entre e fique á vontade.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Sinceridade - #Momentodereflexao

Um dos meus grandes defeitos é questionar tudo o tempo inteiro. Mesmo que seja mentalmente. Deve ser essa a explicação para meu cansaço extremo quando o sol começa a ir embora. É sempre assim: o sol vai saindo, de fininho, alegre. A noite vem, tímida, acanhada. Junto com ela, um cansaço impera. 
Contrariando o time das librianas, meu lado decidido sempre fala mais alto. Sei o que quero, estou ciente dos meus desejos, entendo que preciso aproveitar o que a vida me dá. Não sei ser vou-não-vou, talvez, isso-ou-aquilo. Eu quero isso, eu vou, é agora. 
Não consigo deixar pra depois uma coisa entalada, não espero a hora certa, nunca sei quando é um bom momento. Acho que a vida é muito breve pra deixar pra amanhã um pedido de desculpa, um abraço, um eu te amo, uma risada solta, uma calça apertada. Não vale a pena tentar afogar emoções que querem sair nadando por aí.
A verdade é que eu não sei guardar meus sentimentos e sensações dentro do bolso e viver como se nada estivesse acontecendo. Não consigo disfarçar, tampouco fingir que não ligo. Acho que a gente deve minimizar a chance do arrependimento, por isso falo que amo, falo que fiquei puta, falo que quero, falo que não gosto, eu falo.
Não acho que tudo deva ser dito. Mas acredito que certas coisas não podem passar em branco, elas precisam de um espaço no mundo e esse espaço só surge através da fala, da escrita, do ato de colocar pra fora. Tem coisas que não podem ficar guardadas, elas nasceram para deixar o mundo mais humano.
Prefiro não guardar o que sinto pra não me arrepender. Eu não quero me arrepender das coisas. É claro que não concordo com tudo que fiz e vivi, é lógico que tenho coisas que prefiro deixar num canto qualquer, mas eu não quero me arrepender, não quero aquela ânsia de vômito, aquele enjoo chato que acontece quando a gente come o que não faz bem. Prefiro vomitar tudo, por mais nojento que seja.
Não guardo mágoa, rancor, nojo. Um sentimento guardado vai criando uma bola dentro do corpo. E ela vai aumentando com o tempo. Se torna dura, estranha, sombria. Essas coisas dão câncer. Ressentimento estraga a gente. O corpo e a alma. Tira o brilho dos olhos, dá um tom triste, acaba com tudo.
Existem jeitos e jeitos de dizer as coisas. Não dá pra abrir a boca e despejar palavras. Elas precisam se alinhar, uma tem que segurar a mão da outra, fazer um carinho, prestar atenção, conversar. Elas precisam dançar e sair da boca com leveza. Dizer tudo que pensa de uma forma agressiva não é motivo de orgulho. Acho, inclusive, vergonhoso. Sinceridade não é grosseria, muito menos falta de educação. Sinceridade é ser fiel ao que você sente e passar isso para o outro da melhor e mais bonita forma possível. Caso a emoção seja violenta, sinceridade é ser fiel ao que você sente e passar isso para o outro sem a intenção de magoar ou ferir. Sinceridade não é dizer o que pensa, mas cantar o que sente. Simples assim.
Clarissa Corrêa

5 comentários:

Toninho disse...

Muito bom texto Silvana, sobre este difícil proceder nesta vida.
Ser franco e direto ou engolir os sapos.
Explodir em palavras de amor ou sufocar o sentimento por medo.
Tudo combina para uma dor no corpo, na mente.
Como proceder é a arte como bem diz o texto, para melhor dizer não ao não e sim ao sim sem medo do estrago que possa causar no outro, mas que haja sempre uma forma delicada é a meta.
Boa noite e bom fim de semana amiga.
Um abração com carinho.
Bjs de paz.

Cristiane Marino - Mulheres em Círculo disse...

Oi Silvana, gostei da franqueza da autora, me identifiquei com algumas coisas...
Adorei as ilustrações, que delicadas!
Bom final de semana
Bjs

Jussara Neves Rezende disse...

Como a Cris também me identifiquei com algumas observações da autora. Gostei bastante!
Sumi por uns tempos. Tentando voltar.
Abraço!

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Silvana.
Sentimentos, emoções, atitudes. Tudo tão difícil de gerir.
Mágoas guardadas crescem em ressentimento.
Franqueza não é sinónimo de grosseria e agressão - nunca. Há quem confunda, ou queira fazer de conta.
Muito bom texto.

bom fim-de-semana
bj amg

Poções de Arte disse...

Oi Silvana!
É este equilíbrio que falta para a maioria de nós. Ou calamos ou falamos demais e esquecemos que o outro muitas vezes não têm noção do erro que cometeu e também sofre e pensa como nós.
Adorei o texto, mas apaixonei pelas imagens. Tem o nome do artista ou fotógrafo?

Aproveito para te avisar que hoje publiquei o prêmio Dardos que me indicou, depois aparata lá!

Abração esmagador e feliz semana!

Eu faço parte

Banner atualizado - 2016!
Agenda dos Blogs - Blog de divulgação de blogs
Banner atualizado em 29 de janeiro de 2014!!!
Agenda dos blogs
http://agendadosblogs.blogspot.com.br/

Enquete Nº 01 - 01/set/2013

Enquete Nº 01 - O que você mais aprecia em um blog?

Conteúdo

29 votos – 90%

Blogagens Coletivas

03 votos – 9%

Dicas

03 votos – 9%

Organização

09 votos – 23%

Sorteios

ZERO

Visual

06 votos – 8%

Outras opções

01 voto – 3%

Enquete Nº 02 - 01/out/2013

Enquete Nº 02 - O que mais te irrita ao acessar um blog?

Conteúdo irrelevante

01 voto – 5%

Acesso difícil

15 votos – 75%

Desorganização

01 voto – 5%

Excesso de imagens / Poluição visual

05 votos – 25%

Repetição de fotos

01 voto – 5%

Outras opções irritantes

03 votos – 15%

Enquete Nº 03 - 01/dez/2013

Enquete Nº 03 - O que é mais importante ter num blog?

Conteúdo variado e interessante

15 votos – 88%

Culinária (Receitas)

02 votos – 11%

Boas imagens

05 votos – 29%

Dicas de decoração

01 voto – 5%

Dicas gerais

03 votos – 17%

Beleza & Moda

03 votos – 17%

Poesias & Poemas

03 votos – 17%